IMG_8288Projeto NoVOID – “Ruínas e terrenos vagos nas cidades portuguesas: explorando a vida obscura dos espaços urbanos abandonados e propostas de planeamento alternativo para a cidade perfurada”

O CEG acolhe o Projeto NoVOID – “Ruínas e terrenos vagos nas cidades portuguesas: explorando a vida obscura dos espaços urbanos abandonados e propostas de planeamento alternativo para a cidade perfurada” (PTDC/ATPEUR/1180/2014). O contrato de financiamento com a FCT foi finalmente assinado e o projeto teve oficialmente início em 1 de maio passado. Nos próximos 36 meses, uma equipa de 23 investigadores, coordenados pelo Prof. Doutor Eduardo BritoHenriques, irá estudar as ruínas e os vazios urbanos nas cidades portuguesas. É um projeto interdisciplinar, no qual se juntam geógrafos, arquitetos e arquitetos paisagistas, que terá como instituições parceiras o CIAUD – Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design (Faculdade de Arquitetura, U. Lisboa), o CEABN – Centro de Ecologia Aplicada Prof. Baeta Neves (Instituto Superior de Agronomia, U. Lisboa) e o Lab2PT – Laboratório de Paisagens, Património e Território (U. Minho).

O NoVOID pretende estudar, além das dinâmicas e padrões espaciais do arruinamento urbano, as significações socioculturais e usos sociais dos espaços abandonados, assim como o seu valor ecológico. As ruínas e os terrenos vagos serão analisados enquanto locais privilegiados de hibridizações sócio-naturais, onde o tecnológico e o biológico, o humano e o não-humano, interagem e se interpenetram. O Projeto NoVOID tem como propósito último investigar e propor soluções de planeamento que assumam e valorizem a natureza heterotópica destes espaços e sejam alternativas às fórmulas hegemonizantes da regeneração urbana.

 

<<Aceda aqui ao site do Projeto>>