Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica:
Doutoramento em Geografia Humana (Universidade de Lisboa, 1999)
Mestrado em Geografia Humana e Planeamento Regional e Local (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 1991)
Licenciatura em Geografia (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 1984)

Grupo de investigaçãoZOE

Email: hc@campus.ul.pt

Interesses de investigação:
Resiliência dos sistemas comerciais urbanos
Gestão do tempo e das temporalidades no comércio
Regeneração urbana liderada pelo consumo
Aprendizagem baseada em problemas
Conceitos liminares da geografia
Conhecimento empoderado

ORCID: 0000-0003-2238-0967

Outras ligações:
Google Scholar – https://scholar.google.com.br/citations?user=JcZF_hoAAAAJ&hl=pt-PT
Researcher ID – https://www.researchgate.net/profile/Herculano_Cachinho

Herculano Cachinho

Resumo biográfico

Herculano Cachinho é doutorado em Geografia Humana e mestre em Geografia Humana e Planeamento Regional e Local. No presente, é Professor Associado no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT), Universidade de Lisboa, e investigador do Grupo ZOE – Dinâmicas e Políticas Urbanas e Regionais, do Centro de Estudos Geográficos (CEG). Entre os cargos que ocupa, é coordenador da licenciatura em Geografia e membro do Conselho Científico do IGOT, e cocoordenador do Grupo de Investigação ZOE.

Reparte a investigação por dois grandes domínios: a) a geografia do comércio e do consumo; b) a educação geográfica e as metodologias ativas de ensino. No primeiro domínio, assumem particular relevância as questões da resiliência dos sistemas comerciais urbanos; o tempo e as temporalidades no comércio retalhista; os impactos dos centros comerciais na produção e vivência da cidade; e a regeneração ancorada no comércio e no consumo e as novas formas de governança urbana. No segundo campo, a investigação tem-se focado na análise dos conceitos liminares da geografia e da educação geográfica, e a conceção de experiências significativas de ensino-aprendizagem envolvendo a resolução de problemas e o trabalho de campo.