Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica:
Pós-doutoramento em Geografia (Universidade Nova de Lisboa, 2004-2006), Doutoramento em Geografia Humana (Universitat Autònoma de Barcelona, 2003), Mestrado em Geografia Humana (Universitat Autònoma de Barcelona, 1993), Licenciatura em Geografia – variante de Planeamento Regional e Local (Universidade de Lisboa, 1990).

Grupo de investigaçãoZOE

Email: f.oliveira@campus.ul.pt

Interesses de investigação:
Teoria e História da Geografia, História da Cartografia, Representações geográficas e históricas da China na Europa, Geopolítica do mundo contemporâneo.

ORCID: 0000-0002-5854-8971

Outras ligações:
Projecto Convénio FCT-CAPES | 2016-2018 | Proc. 44.1.00 CAPES / 8513/14-7 http://www.ceg.ulisboa.pt/saberesgeograficos/

Francisco Oliveira

Resumo biográfico

Francisco Roque de Oliveira é doutorado em Geografia Humana pela Universitat Autònoma de Barcelona (2003) e Professor Auxiliar do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, prestando também colaboração docente nas Licenciaturas em Estudos Asiáticos e Estudos Africanos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É investigador efectivo do Centro de Estudos Geográfico da Universidade de Lisboa (CEG-IGOT-ULisboa), investigador associado do Centro de Humanidades (CHAM-FCSH) da Universidade Nova de Lisboa e membro correspondente da Academia de Marinha (Lisboa).

Editou os seguintes livros: Mapas de metade do mundo. A cartografia e a construção dos espaços americanos: séculos XVI a XIX (com Héctor Mendoza Vargas, 2010), Leitores de mapas: dois séculos de história da cartografia em Portugal (2012), Cartógrafos para toda a Terra. Produção e circulação do saber cartográfico ibero-americano: agentes e contextos (2015) and Percepções europeias da China dos séculos XVI a XVIII. Ideias e imagens na origem da moderna Sinologia (2017).

Entre os projectos recentemente concluídos em que participou, destaca-se «Nueva España: puerta americana al Pacífico asiático (siglos XVI-XVIII)» (Universidad Nacional Autónoma de México). Presentemente, coordena a equipa portuguesa do Projecto de Investigação FCT/CAPES «Saberes geográficos e geografia institucional: influência e relações recíprocas entre Portugal e o Brasil no século XX», desenvolvido em conjunto pelo CEG-ULisboa, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro e a Universidade Federal Fluminense.