O Grupo de Investigação ZOE – Dinâmicas e Políticas Urbanas e Regionais – do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (CEG-ULisboa) organizou, nos dias 5 e 6 de julho, um Workshop de Análise de Dados Qualitativos e Mistos com MaxQDA, dirigido a todos/as os/as investigadores/as dos diferentes grupos de investigação do CEG-ULisboa. A iniciativa foi orientada pelo investigador do ZOE e estudante de doutoramento Diogo Gaspar Silva.

Mais de duas dezenas de investigadores/as participaram, presencial ou remotamente, nesta ação de formação com uma duração de cerca de 7 horas. Além de uma primeira componente expositiva, onde se apresentaram, de forma breve, os principais conceitos, ferramentas e processos analíticos sobre o programa MaxQDA, a ação de formação privilegiou uma componente prática, na qual os/as participantes puderam experimentar, através de alguns exercícios práticos, as diferentes ferramentas analíticas abordadas durante os dois dias de formação.

No primeiro dia de trabalhos, discutiram-se as principais interfaces do MaxQDA, os procedimentos para a criação de um projeto e importação de documentos de diferentes naturezas, bem como as ferramentas de análise exploratória de dados qualitativos oferecidas pelo programa. O primeiro dia encerrou com a codificação de dados qualitativos em texto, imagens, áudio e vídeos.

Apesar do segundo dia de trabalhos ter começado por introduzir a vertente quantitativa do programa, através da criação de variáveis de documento, o último dia do Workshop foi maioritariamente dedicado à obtenção de resultados, através da comparação de casos e grupos de casos qualitativos e quantitativos, e à exploração de ferramentas visuais de casos, de grupos de casos e de temas. A ação de formação encerrou com a operacionalização no MaxQDA de algumas estratégias de integração de dados quantitativos e dados qualitativos em desenhos de investigação mistos.