Investigadores Efetivos

Pedro Santos

Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica: Doutoramento em Território, Risco e Políticas Públicas (Universidades de Lisboa, Coimbra e Aveiro, 2015), Mestrado em Geociências (Universidade de Coimbra, 2009), Licenciatura em Geografia Física (Universidade de Lisboa, 1999).

Grupo de investigação: RISKAM

Email: pmpsantos@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Cheias; hidrologia; geomorfologia; avaliação de perdas, susceptibilidade, vulnerabilidade e risco; resiliência; gestão de riscos; planeamento de emergência; teoria de sistemas; redução do risco de desastres; geocomputação.

ORCID: 0000-0001-9785-0180

CIÊNCIA ID: 3B15-8612-D51B

Outras ligações:
ResearcherID: D-7076-2014
SCOPUS Author ID: 180520-001628
https://www.researchgate.net/profile/Pedro_Santos119
https://scholar.google.pt/citations?hl=pt-PT&user=NHtmHpAAAAAJ

Resumo biográfico

Geógrafo e investigador contratado do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT-ULisboa). Investigador efetivo no Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa desde 2017, integrando o grupo de investigação RISKam. É também investigador colaborador no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), onde trabalhou como bolseiro de investigação entre 2011 e 2016.
Ao longo do tempo tem participado em vários projetos de investigação, dos quais destaca os projetos financiados pela FCT, FORLAND, MOLINES e DISASTER, e o projeto de elaboração do Plano Intermunicipal de Gestão de Riscos da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

Atualmente, desenvolve atividade científica no projeto “Simulação de estratégias de gestão do risco de cheias e inundações à escala da bacia hidrográfica”, ao abrigo do programa de Estímulo ao Emprego Científico. Participa ainda nos projetos BeSafeSlide – Protótipo de sistema de alerta para movimentos de vertente, de baixo custo, para melhorar a resiliência da comunidade e adaptação às mudanças climáticas, MOSAIC.pt – Análise do risco de inundação costeira a partir de múltiplas fontes para comunidades seguras e desenvolvimento sustentável e no projeto Interreg Sudoe RISKCOAST – Desarrollo de herramientas para prevenir y gestionar los riesgos geológicos en la costa ligados al cambio climático. Recentemente, colaborou com o ISISE da UMinho na candidatura a projetos exploratórios do programa MIT-Portugal, tendo sido aprovada a candidatura MIT-RSC – Interações Multirrisco para Cidades Resilientes e Sustentáveis, a iniciar no 2º semestre de 2020.

Amandine Desille

Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica: Doutoramento em geografia

Grupo de investigação: MIGRARE

Email: amandine.desille@gmail.com

Interesses de investigação: Migração de regresso, política de imigração, cidades pequenas, escala e produção de lugares

ORCID: 0000-0002-1813-8521

Outras Ligações:
https://migrural.hypotheses.org

Resumo biográfico

João Vasconcelos

Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica:
Doutoramento em Ambiente (Universidade Nova de Lisboa, 2012)
Mestrado em Ordenamento do Território e Planeamento Ambiental (Universidade Nova de Lisboa, 2006)
Licenciatura em Geografia (Universidade de Lisboa, 2004).

Grupo de investigaçãoZEPHYRUS

Email: j.vasconcelos@ipleiria.pt | j.vasconcelos@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Climatologia aplicada, alterações climáticas, climatologia urbana, bioclimatologia aplicada à saúde e ao turismo.

ORCID: 0000-0002-2818-5188

Outras ligações:
Researchgate: https://www.researchgate.net/profile/Joao_Vasconcelos4
Google scholar: https://scholar.google.pt/citations?user=N2j0ceEAAAAJ&hl=pt-PT

Resumo biográfico

João Vasconcelos é licenciado em geografia física com um Mestrado em ordenamento do território e planeamento ambiental. Doutorou-se em Ambiente pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Desempenha funções de Professor Adjunto da Escola de Turismo e Tecnologia do Mar – Instituto Politécnico de Leiria, responsável por unidades curriculares relacionadas com Património Natural, Geografia do Turismo, Geografia de Portugal, Turismo de Natureza e Sistemas de Informação Geográfica.
Coordenou a Unidade de Investigação em Turismo do Instituto Politécnico de Leiria de 2013-2016. Foi Executive Director do European Journal of Tourism Hospitality and Recreation.
Mais recentemente tem vindo a colaborar enquanto especialista para o sector da saúde humana em diversos Planos de Adaptação às Alterações Climáticas.
Os seus interesses de investigação são: climatologia aplicada, alterações climáticas, climatologia urbana, bioclimatologia aplicada à saúde humana e ao turismo.

Francisco Silva

Categoria:  Investigador Efetivo

Formação académica:  Doutoramento em Geografia na especialização em Planeamento Regional e Urbano (Universidade de Lisboa, 2013), Mestrado em Ciências e Sistemas de Informação Geográfica (ISEGI, Universidade Nova de Lisboa, 2008), Licenciatura em Geografia (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 1987)

Grupo de investigaçãoTERRITUR

Email: francisco.silva@eshte.pt

Interesses de investigação: Planeamento Turístico, Turismo na Natureza, Geografia Insular, Turismo Criativo, Turismo de Aventura

ORCID: 0000-0002-9742-7339

Francisco Silva

Resumo biográfico

Professor adjunto na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE), onde tem assumido vários cargos, designadamente os de Presidente do Conselho Pedagógico, Secretário do Conselho Geral, membro da Comissão Científica Executiva do Mestrado em Turismo e Diretor do Curso de Gestão do Lazer e Animação Turística. Como docente é responsável por várias unidades curriculares, entre as quais o Seminário “Mercados, Destinos e Tendências” do Doutorado em Turismo ( IGOT-ULisboa / ESHTE).
É licenciado e doutorado em Geografia, mestre em Ciências e Sistemas de Informação Geográfica e Especialista em Turismo e Lazer. É Investigador Efetivo do Centro de Estudos Geográficos do grupo TERRITUR (IGOT-ULisboa).
Sua atividade profissional tem sido bastante variada. Foi fotojornalista, trabalha como consultor em turismo e é instrutor em vários desportos de aventura: canyoning, manobras de cordas, escalada e montanhismo (Associação Desportos de Aventura Desnível).
Como consultor tem desenvolvido trabalho especialmente no âmbito do planeamento turístico, com relevo para planos estratégicos de animação turística que têm como base territorial o Arquipélago dos Açores. Também neste território de ação coordenou o desenvolvimento do Projeto ZoomAzores, um WebGIS aplicado ao Turismo na Natureza (ESHTE / ISEGI-UNL / DRT) e promoveu o desenvolvimento da oferta de canyoning na região.
Autor de vários artigos e livros sobre turismo, geografia e desportos de aventura.

Marcelo Fragoso

Categoria: Investigador Efetivo

Formação académica: Doutoramento em Geografia Física (Universidade de Lisboa, 2004), Mestrado em Geografia Física (Universidade de Lisboa, 1994), Licenciatura em Geografia (Universidade de Lisboa, 1990).

Grupo de investigaçãoRISKAM, ZEPHYRUS

Email: mfragoso@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Alterações Climáticas, Variabilidade Climática, Hidroclimatologia, Climatologia Aplicada, Eventos Climáticos e Meteorológicos Extremos

ORCID: 0000-0001-7272-3089

Resumo biográfico

Marcelo Fragoso é Professor Auxiliar no IGOT-UL – Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa. Os seus interesses de investigação centram-se na Climatologia, Hidroclimatologia e estudo de eventos climáticos e meteorológicos extremos. O seu doutoramento incidiu no estudo climatológico das precipitações intensas no Sul de Portugal. Foi coordenador de um projecto (RAIDEN) sobre as trovoadas em Portugal e os seus impactes no território. No CEG tem participado em diferentes projectos de investigação no domínio da avaliação de perigosidades e riscos ambientais e colabora actualmente num projecto sobre o Clima de Portugal desde o Séc. XVII (Klimhist).

Go to Top