investigadores

Flavio Andrew do Nascimento Santos

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Mestre em Turismo

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: flavioandrew@gmail.com

Interesses de investigação: Marketing Turístico, Comportamento do Consumidor, Revenue Management, Economia comportamental, Behavioral Pricing.

ORCID: 0000-0003-3771-4579

CiênciaVitae: 381B-0F51-7683

Outras ligações:
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/flavio-andrew/
Scholar: https://scholar.google.com/citations?user=ke9INcoAAAAJ&hl=en

Resumo biográfico

Graduado e mestre em Turismo pela Universidade Federal Fluminense, Brasil. Doutorando em Turismo no IGOT, Universidade de Lisboa. Revisor de periódicos como a PASOS Revista de Turismo y Patrimonio Cultural, Ara: Journal of Tourism Research e o Journal of Applied Science and Technology. Com 10 anos de experiência no turismo (2 em cargos de direção) possui experiência com hospitalidade, agenciamento e intercâmbio, pesquisas de mercado, projetos de consultoria, monitoria e tutoria universitárias.

Miguel Belo

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Mestre em Gestão Estratégica de Destinos Turísticos

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: miguelgbn1@gmail.com

Interesses de investigação: Gestão e planeamento estratégico de produtos e destinos turísticos.

ORCID: 0000-0002-7840-5994

CiênciaVitae: 8910-1B42-7A01

Resumo biográfico

Miguel Belo é mestre em Gestão Estratégica de Destinos Turísticos pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, sendo atualmente estudante de doutoramento em Turismo no IGOT-ULisboa, sob a bolsa de doutoramento 2020.08323.BD financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. O seu projeto de doutoramento é focado nas motivações que levam os indivíduos a aderir em experiências de teatro imersivo de terror, com foco na otimização destas experiências.

Sara Pugliesi Larrabure

Categoria: Investigadora Associada

Formação académica: Graduação: Arquiteta e Urbanista – Universidade de Franca (Brasil)
Mestrado: Geografia Humana – Universidade de São Paulo – USP (Brasil)

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: slarrabure@edu.ulisboa.pt sarapl@gmail.com

Interesses de investigação: Estudos Urbanos, Turismo, Gentrificação, Urbanismo Feminino.

ORCID: 0000-0001-6958-0996

CiênciaVitae: DD18-8CEA-B562

Resumo biográfico

Sara Larrabure é graduada e mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Franca -Brasil (2005) e mestre em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo – Brasil (2011). Pós-graduada em Computação aplicada à Arquitetura, Urbanismo e Design pela Universidade de Lisboa – Portugal (2020).

Atualmente é doutoranda em Geografia Humana no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território – Universidade de Lisboa (IGOT-ULisboa) e bolseira de investigação no projeto H2020 SMARTDEST. Seu atual projeto de investigação enfoca como as mulheres residentes no centro de Lisboa vivenciam as transformações socio-territoriais decorrentes do crescimento turístico.

Liliana Dias Carvalho

Categoria: Investigadora Associada

Formação académica: Licenciaturas em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses e Línguas, Literaturas e Culturas – Estudos Portugueses e Espanhóis; Pós-Graduação em História da Arte

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: lilianacarvalho1@edu.ulisboa.pt

Interesses de investigação: Humanidades ambientais; turismo e Antropoceno; entrelaçamentos cultura-natureza; turismo de última oportunidade; educação ambiental; jardins botânicos.

ORCID: 0000-0003-3534-3954

CiênciaVitae: 7A1E-A762-C179

Outras ligações:
ResearchGate: https://www.researchgate.net/profile/Liliana_Carvalho12

Resumo biográfico

Liliana Dias Carvalho é doutoranda em Turismo pela Universidade de Lisboa (IGOT-ULisboa).

Membro do grupo de investigação Climate Change and Tourism – ATLAS (Association for Tourism and Leisure Education and Research).

Mariana de Oliveira Castanhas Casal Ribeiro

Categoria: Investigadora Associada

Formação académica: Licenciatura em Direção e Gestão Hoteleira
Mestrado em Gestão Hoteleira

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: mariana.ribeiro2@edu.ulisboa.pt

Interesses de investigação: Gestão de destinos, modelos de gestão de crise, Covid-19, modelos de agentes, desenvolvimento turístico sustentável, ecologia política, overtourism, inovação em turismo, processos de decisão do turista.

ORCID: 0000-0002-4854-2736

CiênciaVitae: 3A18-79CD-A5AF

Resumo biográfico

Licenciada (2015) e Mestre (2018) em gestão hoteleira pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Desde Fevereiro de 2020, frequento o Doutoramento em Turismo pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa.

Tenho apresentado comunicações em congressos internacionais e produzido trabalhos científicos para publicação. Premiada este ano como Best Presenter na 2ª Conferência Internacional de Turismo e Empreendedorismo.

Os meus interesses de investigação centram-se essencialmente nas áreas de gestão de destinos, modelos de gestão de crise, Covid-19, modelos de agentes, desenvolvimento turístico sustentável, ecologia política, overtourism, inovação em turismo e processos de decisão do turista.

André Filipe Almeida Ribeiro

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Mestrado em Geografia Humana: Globalização, Sociedade e Território (Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, 2019)
Licenciatura em Geografia (Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, 2017)

Grupo de investigação: TERRITUR

Email: andre.ribeiro@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Geografia Cultural; Turismo; Geografias Mais-do-que-Humanas; Teoria do Ator-Rede

ORCID: 0000-0003-4650-9104

CiênciaVitae: 2913-F02B-290E

Outras ligações:
ResearchGate: https://www.researchgate.net/profile/Andre-Ribeiro-2

Resumo biográfico

André Ribeiro é Licenciado em Geografia (2017) e Mestre em Geografia Humana: Globalização Sociedade e Território (2019) pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. Na sua dissertação de mestrado, intitulada “A Ruína do Cinema Paris: (in)visibilidade de um lugar que ainda existe”, investigou a ruína do Cinema Paris, em Lisboa, nomeadamente a sua capacidade afetiva nas pessoas.

Desde 2020, é estudante do Doutoramento em Geografia, especialidade em Geografia Humana, no mesmo Instituto.

A sua tese de doutoramento focará a relação entre o Turismo e os Sistemas Agroprodutivos Tradicionais, e as transformações que esta relação provoca no território, na Serra da Estrela.

Orlando Mendes

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Mestrado em Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Durável e Engenheiro de Concepção em Agrometeorologia no Centro Regional AGRHYMET.

Grupo de investigação: ZEPHYRUS

Interesses de investigação: Agroclimatologia e as alterações climáticas.

Email: 

CIÊNCIA ID: 601C-D247-63A6

Outras ligações:
https://www.journalcra.com/article/comparative-investigation-evapotranspiration-et-obtained-two-methods-and-determining-best

http://sintidus.blogspot.com/p/artigos.html

https://www.abebooks.co.uk/Agroclimatologie-production-lanacardier-Guin%C3%A9e-Bissau-Orlando-Mendes/22393570029/bd

Resumo biográfico

Orlando Mendes, Mestrado em Mudanças Climáticas e Desenvolvimento Durável no Centro Regional AGRHYMET, Niamey, Níger 2014 e Engenheiro de Concepção em Agrometeorologia no Centro Regional AGRHYMET, Niamey Níger, 2007, Director de Serviço de Climatologia e Agrometeorologia no Instituto Nacional Meteorologia da Guiné-Bissau, 2018 e docente em Meteorologia e Climatologia na Universidade Lusófona da Guiné -ULG desde 2016 e investigador no domínio das alterações climáticas.
Autor do livro ititulado “Agroclimatologie de la production de l’anacardier en Guinée-Bissau. Editions Universitaires Européennes, 2017” e um artigo cientifico: Indicadores das Mudanças Climáticas na Zona Leste da Guiné-Bissau e adaptaçã camponesa In SINTIDUS. Revista de Estudos Científicos e Interdisciplinares da Universidade Lusófona da Guiné. Numero 1, 2018 e uma participação conjunta outro artigo intitulado “A comparative investigation of evapotranspiretion (et) obtained from two methods and determining a best cultivation period. case of Bafata – Guinea-Bissau. International Journal of Current Research. Vol. 11, Issue, 02, pp.1468-1470, February, 2019”.

Go to Top