MOPT

Marcela Barata

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Licenciatura em Geografia

Grupo de investigaçãoMOPT

Email: marcelabarata@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Sistemas de Informação Geográfica

ORCID: 0000-0002-3689-4179

Resumo biográfico

Marcela Barata está a desenvolver o seu Mestrado em Sistemas de Informação Geográfica e Modelação Territorial aplicados ao Ordenamento (MSIG). Tem Licenciatura em Geografia.

Kelli Silver

Categoria: Investigadora Associada

Formação académica: Candidata a Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento (PDED) (IGOT-UL, 2018 – ); Mestrado em Estudos Internacionais, área de especialização Desenvolvimento e Economia da América Latina (University of Oklahoma, 2016); Licenciatura em Ciências Políticas (University of Tulsa, 2010).

Grupo de investigação: MOPT

Email: kellisilver@edu.ulisboa.pt

Interesses de investigação: Mobilidade e Transporte Urbanos, Equidade de Transporte, Ordenamento do Território.

ORCID: 0000-0003-2695-6601

CiênciaVitae: 1213-C99E-1C7E

Resumo biográfico

Kelli é estudante de doutoramento em estudos de desenvolvimento (bolsista da ULisboa) e investigadora associada no Centro de Estudos Geográficos (CEG) do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (IGOT-UL). Desenvolve investigação no domínio dos transportes públicos, acessibilidade, e equidade/pobreza de transporte, com estudos de caso em Lisboa e no Rio de Janeiro.
Kelli licenciou-se em Ciências Políticas (2010, cum laude), e realizou o Mestrado em Estudos Internacionais (2016, magna cum laude). Quando estudante de mestrado, ministrou um curso no departamento de Antropologia Cultural chamado Modern Brazil e trabalhou como assistente de pesquisa, escrevendo sobre a commodification da violência nas favelas do Rio.

Juliana Mio de Souza

Categoria: Investigador associado

Formação académica: Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003) e mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006).

Grupo de investigação: MOPT

Email: julianamio@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Mudanças de uso e cobertura da terra; Análise e modelagem espacial; Planeamento e ordenamento do território; Sistemas de Informações Geográficas.

ORCID: 0000-0002-4636-8236

CIÊNCIA ID: 601C-55B6-5A27

Resumo biográfico

Desde 2008, atua como Assistente de Pesquisa na Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina – Epagri/Brasil). Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Topografia/Geodésia, Cartografia,Cartografia para Web e Sistemas de Informações Geográficas, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto, ortorretificação de imagens, geoprocessamento, controle de qualidade de produtos cartográficos, análise espacial e sistemas de mapas para a web. Atualmente é aluna do doutoramento na Geografia, em Ciências da Informação Geográfica do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. Seu projeto de pesquisa tem o título: “ Modelo Inteligente de base geográfica para análise das transformações do uso do solo”, e objetiva apresentar um modelo de análise das transformações de uso e cobertura da terra, de forma a subsidiar políticas de ordenamento territorial em Santa Catarina, baseado em métodos de análise e modelagem geográfica combinados com redes neurais artificiais.

Francisco Pires

Categoria: Associado

Formação académica:
2015 – Mestrado em Sistemas de Informação Geográfica e Modelação Territorial aplicados ao Ordenamento pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa.
2013 – Licenciatura em Geografia (na vertente Sistemas de Informação Geográfica) pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa.

Grupo de investigação: MOPT

Email:  FPI@live.com.pt

Interesses de investigação: Geografia do desporto, SIG, Modelação e Análise espacial.

ORCID: 0000-0002-2674-2913

Resumo biográfico

Francisco Pires é, desde setembro de 2018, estudante de doutoramento no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, tendo o seu projeto de doutoramento como título “Geografia do futebol – Percurso e territórios dos jovens jogadores em Portugal”. O seu projeto possui o apoio de uma bolsa de doutoramento da Universidade de Lisboa.
Entre 2014 e 2017, procurou desenvolver o tema estudado na sua tese de mestrado, “A Tática de uma equipa de Futebol. Modelação para análise de redes” através da colaboração com clubes locais, o que lhe permitiu uma maior proximidade com o fenómeno em estudo.
Em 2017 colaborou também com o Centro de investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design (CIAUD) da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa no projeto “Padrões de mobilidade do concelho de Sintra 2017”.

Angeliki Peponi

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: Mestrado na área de Planeamento da Paisagem, pela Universidade Checa de Ciências da Vida, Praga, e Bacharelato em Geografia, Universidade Harokopio, Atenas.

Grupo de Investigação: MOPT

Email: a.peponi@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Metabolismo Urbano | Regeneração urbana | Sistemas urbanos complexos | Conectividade da Paisagem | Planeamento do Uso da Terra | Análise urbana | Modelação geográfica | Análise de dados

Outras ligações:
ORCID: 0000-0001-6191-7320

Resumo biográfico

Angeliki Peponi estudante do Doutoramento de Geografia, na área de especialização de Planeamento Regional e Urbano, no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, ULisboa. É também estudante do doutoramento de Ecologia Aplicada e Paisagística na Universidade de Ciências da Vida, Praga. Estudou paleogeografia costeira e sistemas urbanos costeiros e, recentemente, voltou o seu foco de pesquisa para o crescimento urbano mais inteligente e regenerativo, usando métricas, medidas e geo-tecnologias de ponta e adotando uma abordagem orientada para a população e para a natureza, a fim de enfrentar os desafios do crescimento das áreas urbanas. É membro da Sociedade Geográfica Helénica.

Inês Girão

Categoria: Investigador Associado

Formação académica: 
Mestre em Sistemas de Informação Geográfica e Modelação Territorial aplicados ao Ordenamento pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (2015).
Licenciada em Geografia (vertente Sistemas de Informação Geográfica) pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (2013).

Grupo de investigação: MOPT

Email:  inesgirao@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Uso e ocupação do solo; agricultura de elevado valor natural; desenvolvimento sustentável; computer-based modelling; análise espacial; deteção remota; SIG

ORCID: 0000-0001-7201-0548

Resumo biográfico

No período entre 2014 e 2015, desenvolveu a sua tese de mestrado, em Deteção Remota, sob uma bolsa de investigação científica (PERMANTAR-3). Mais tarde, trabalhou como Analista GIS no Centro de Estudos Geográficos do projeto NoVOID, onde aplicou as suas competências em processamento de dados e modelação espacial.
Entre 2017 e 2018, trabalhou como investigadora na Direcção-Geral do Território (DGT) no projecto IPSentinel, onde grande parte do seu trabalho foi desenvolvido em linguagem e ambiente estatístico e gráfico R.

No presente frequenta o doutoramento em Geografia (vertente Ciência da Informação Geográfica) sendo o título da sua tese: “Modelação de Sistemas Agrícolas de Elevado Valor Natural” (SFRH/BD/138979/2018).

Pedro Franco

Categoria: Investigador Associado

Formação académica:
2017 – Mestrado em Gestão do Território e Urbanismo, especialidade em Ordenamento do Território e Urbanismo (IGOT-UL).
2015 – Licenciatura em Planeamento e Gestão do Território (IGOT-UL).

Grupo de investigação: MOPT

Email: pedrofranco@campus.ul.pt

Interesses de investigação: Coesão territorial, Planeamento regional, Serviços de interesse geral, Cooperação territorial, Planeamento da Saúde, Vida saudável, Cidades médias, Lagging territories

ORCID: 0000-0003-2753-0143

Resumo biográfico

Pedro Francisco Duarte Franco é, desde setembro de 2018, estudante de doutoramento no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. O seu projeto de doutoramento com o título “O papel dos serviços locais de interesse geral na promoção da vida saudável da população do Alentejo – um contributo para a coesão territorial em territórios de baixo crescimento” é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (SFRH/BD/138999/2018).

Entre 2015 e 2016, colaborou com a Junta de Freguesia de Rio de Mouro no seu processo de inventariação e planeamento dos espaços e equipamentos culturais e desportivos. Entre 2016 e 2017 colaborou na primeira e segunda fase do projecto NoVoid do Centro de Estudo Geográficos da Universidade de Lisboa.

Go to Top